SP terá aulas presenciais mesmo com aumento de casos de covid-19

Decreto que permite volta das aulas presenciais será assinado pelo governador João Doria nesta quinta-feira e publicado na sexta-feira (18)

O governo de São Paulo vai permitir a reabertura das escolas no estado em 2021 mesmo com o aumento de casos de covid-19 em todo o Estado. A informação foi confirmada na coletiva de imprensa desta quinta-feira (17) no Palácio dos Bandeirantes, na capital.

O decreto será assinado pelo governador nesta quinta-feira e publicado na sexta-feira (18). O secretário de educação Rossieli Soares afirmou que as escolas tem permissão para reabertura desde o dia 8 de setembro. “Não ter a escola funcionando tem prejuízos irrecuperáveis, principalmente na primeira infância”, afirmou. 

Na educação básica, estão autorizadas as atividades escolares com até 70% da ocupação, na fase amarela. Na fase vermelha, as atividades terão 35% de ocupação.

Doria confirmou o início da vacinação no Estado para 25 de janeiro. “A opinião pública ainda quer saber quando o programa nacional de imunização será iniciado. São Paulo apoiará o plano”, afirmou. O governador voltou a dizer que o Brasil precisa de todas os imunizantes que atualmente estão em desenvolvimento. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *