Meninos desaparecem depois de sair para brincar no Rio

Matheus, Alexandre e Fernando Henrique foram vistos pela última vez no domingo (27), quando saíram para brincar.

Três meninos desapareceram no domingo (27), depois que saíram para brincar em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. A Polícia Civil já ouviu os pais e está em busca das crianças.

Lucas Matheus (8 anos), o primo dele Alexandre da Silva (10 anos) e Fernando Henrique (11 anos) saíram de casa no domingo por volta das 10h30 para brincar no campo de futebol ao lado do condomínio onde moram, no bairro Castelar.

De acordo com as famílias, os meninos estavam acostumados a brincar sozinhos. No início da tarde, por volta das 14h, eles costumavam voltar para casa para almoçar. No domingo, não retornaram.

Lucas Matheus, 8 anos; Alexandre da Silva, 10 anos; e Fernando Henrique, 11 anos, desapareceram no domingo (27) — Foto: Reprodução/TV Globo

As famílias estranharam e começaram as buscas por conta própria. Hanna Silva, 24 anos, mãe de Alexandre, conta que no campo ninguém viu o filho. Os parentes peregrinaram então por diferentes locais, como hospitais, IML e delegacias, mas não houve sinal dos meninos.

Informações falsas

Os familiares e os amigos postaram fotos das crianças nas redes sociais — o que só atrapalhou e aumentou a angústia.

“Depois que postamos nas redes sociais as fotos dos meninos, muita gente ligou dizendo que eles foram vistos andando pelas ruas de Belford Roxo, de Cabuçu (Nova Iguaçu), que estavam pedindo comida na rua, mas quando chegamos a esses locais não conseguimos nenhuma pista”, explica Hanna.

Hanna acrescentou que os meninos são tranquilos e nunca sumiram. “Não houve nenhuma briga recente que pudesse provocar uma fuga”, emendou.

As três mães foram nesta segunda-feira (28) à Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense — a investigação de desaparecidos fica por conta da DH — para pedir ajuda.

A polícia iniciou as investigações e busca por imagens de câmeras de segurança que tenham registrado os passos dos meninos.

A Fundação da Infância e da Adolescência está prestando apoio psicossocial à família. O órgão já avisou os conselhos tutelares e às polícias de todo o país. A FIA faz um apelo para que se evite a propagação de notícias falsas, para não atrapalhar as buscas e a investigação.

Quem tiver informações sobre Lucas, Fernando Henrique e Alexandre pode entrar em contato com a polícia, através do telefone 190, e também pelo WhatsApp da FIA, no número 98596-5296.

(G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *