MÃE TATUA GÊMEO PARA CONSEGUIR DIFERENCIÁ-LO DO IRMÃO

A mulher resolveu tatuar um dos filhos depois que foi aplicado uma injeção na criança errada

Uma mãe tatuou um de seus filhos gêmeos para conseguir diferenciá-lo do irmão. A história foi compartilhada na rede social Reddit e a mulher de 31 anos deu uma ótima explicação para ter tomado uma atitude tão drástica. 

De acordo com a mãe, ela deu à luz a seus filhos gêmeos Adam e Jack depois de cinco anos tentando engravidar. No entanto, o pequeno Jack nasceu com uma condição que exige que ele tome uma injeção uma vez por semana, o que quase causou um desastre quando sua sogra precisou cuidar dos netos por um período. 

Na ocasião, a mulher aplicou a injeção na criança errada e no final das contas, os dois gêneros precisaram ser levados para um hospital. Conforme a mãe, em momento algum nenhum deles correu risco de vida, mas nada podia acalmar sua sogra. 

“Ele nunca esteve em perigo. É um medicamento de ação muito lenta que, na pior das hipóteses, teria causado diarreia em alguns dias. Mas minha sogra estava fora de si. Eu tentei aliviar sua preocupação, mas ela se recusou a ser babá novamente, então eles foram para a creche”, contou a mãe dos gêmeos. 

Foi então que um profissional da saúde recomendou uma tatuagem médica para que outro acidente não ocorresse na creche. 

“Explicaram que tatuam uma sarda, do tamanho da ponta de uma borracha de lápis, em uma área da pele que é facilmente vista, enquanto a criança está sob sedação leve, semelhante a consultórios odontológicos”, completou a mãe. 

Por causa da área, geralmente a tatuagem desaparece em dois ou três anos. Idade em que os pais e as outras pessoas já saberão distinguir quem é quem. 

“Vou ser honesta, meu marido e eu até mesma os misturamos às vezes. Todo mundo faz”, finalizou a mãe dos gêmeos. 

(RicMais)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *