Duas pessoas cometem suicídio na cidade de Matão

A segunda-feira (14) em Matão começou com duas notícias tristes. Infelizmente duas pessoas tiraram a própria vida, sendo uma no Portal Terra da Saudade e outra no Jardim Alvorada. 

A primeira vítima, Jhone Carlos Morato, de 33 anos,  foi encontrada sem vida por enforcamento na varanda de sua residência, localizada na Avenida Jornalista Reinaldo Correia Honório, mo Portal Terra da Saudade. A mãe da vítima relatou aos policiais que ao acordar, por volta das 6h30, encontrou o filho já sem vida na varanda da casa. 

A previsão de chegada no velório é as 14h. O sepultamento está previsto para as 17h, segundo informações do Cemitério Municipal.

Segundo suicídio

Horas depois do registro do primeiro óbito, no final da manhã desta segunda-feira (14), a Polícia Militar foi acionada a comparecer na Rua Napoleão Botura, no Jardim Alvorada, onde registrou mais um óbito ocorrido da mesma forma do primeiro. A vítima é Marcio Luiz Marins Silva. A ocorrência ainda está em andamento. 

Sentimentos aos familiares! 

Depressão:

Pessoas em risco: quem são elas?

• Pessoas dependentes do álcool e drogas, ou com distúrbios mentais;
• Idosos que sofrem com problemas financeiros, com a solidão ou doenças graves;
• Jovens desempregados, ou que sofrem discriminação racial, ou pela orientação sexual e identidade de gênero;
• Homens enfrentando conflitos familiares e pressionados a exercer um papel na sociedade que não se encaixa no próprio perfil;
• Pessoas que já tentaram o suicídio alguma vez;
• Pacientes que sofrem com alguma doença que causa dores fortes no corpo;
• População indígena e imigrantes que sofrem pela falta de um suporte social e ausência de políticas de apoio a essas comunidades;
• Pessoas que estão de luto, depois de perder alguém muito querido;
• População rural que sofre com o desemprego ou exposição a agrotóxicos e elementos químicos prejudiciais à saúde;
• Presidiários e ex-presidiários que sofrem com a rejeição da sociedade.

Sinais de alerta: fique atento!

• A pessoa faz comentários como “quero sumir”; “estou cansada de tudo”; “quero morrer”; “ninguém me entende”; “quero dormir e não acordar”.
 Isolamento. A pessoa falta o trabalho e deixa de encontrar amigos e familiares. Desaparece das redes sociais, ou começam a procurar na internet sobre depressão e suicídio.
• A pessoa perde o interesse de realizar atividades comuns e que antes fazia com prazer.
• Baixa auto estima e pensamentos críticos e negativos com relação a si mesmo.
• Desânimo com a vida e falta de esperanças com relação ao futuro.
 Alterações no sono: dorme muito ou não consegue dormir.
• Compulsão alimentar, se alimenta exageradamente ou perde totalmente o apetite.
• Irritabilidade e agressividade.

Identificação: Estou com sintomas depressivos, como sair dessa?

Se você perdeu o ânimo para realizar suas atividades rotineiras, e se identifica com todos esses sinais de alerta, é preciso procurar ajuda. Depressão é uma doença séria, pode levar a morte e tem cura. A pessoa que procura ajuda e faz todo o tratamento, consegue se curar.

O primeiro passo é procurar um médico. É ele que pode diferenciar a depressão de outros problemas psíquicos.

O psiquiatra pode passar medicamentos antidepressivos e o psicólogo realiza sessões de terapia, que ajudam o paciente a falar sobre suas angústias e lidar melhor com as emoções.

Outros profissionais também podem ajudar como os nutricionistas e profissionais de educação física, por exemplo.

Eles podem ajudar em compulsões alimentares ou falta de apetite causadas pela depressão e também podem incentivar a prática de exercícios físicos que também contribuem significativamente no combate a depressão e na prevenção ao suicídio.

Procure um CAPS, centro de saúde ou clínicas médicas especializadas em psicologia e saúde mental.

Fonte: Fala Matão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *